27 de dezembro de 2016

O que busco?

O alivio da consciência, as sensações sem remorso, as alegrias de sonhar, a vontade de estar acordado... Coloquei minha vida em muitas mãos – santas, humanas e desumanas –, mas não coloquei nas minhas. Você pode me dizer que ninguém é feliz sem arriscar, mas eu te pergunto: Quem disse que quero ser feliz? 
A felicidade é um sentimento passageiro, raso de sentidos e fraco de sentir. Quero a tranquilidade de alguém que ouve sua canção favorita, deitado em sua cama, num dia chuvoso. 

- Gabriel Marins

17 de dezembro de 2016

Sertão

O galo canta
Nós saboreamos os bocejos
O vapor de café esquenta as paredes de barro,
Sobre a lenha o bolo de aipim perfuma a casa
E eu descubro que uma manhã no sertão
Rende mais poesia que um mês na cidade grande.

- Renato Franco

2 de dezembro de 2016

Não quero mais lembrar

Não quero mais lembrar
Lembrar-me do seu nome
do seu cheiro
da sua pele macia
das suas manias
de como sorria
das suas mãos pequenas
das suas belas coxas
da sua teimosia
de como me amava
de como eu te amo

- Gabriel Marins